domingo, 19 de abril de 2015

Opinião - O Feiticeiro de Oz de L. Frank Baum

Esta é mais um leitura do meu desafio anual Um clássico por mês.

Sendo este o meu segundo clássico, o plano não correu como previa... Metade cansaço, metade preguiça, as minhas leituras estas semanas arrastam-se dias e dias e não tenho lido grande coisa. Espero estar em forma brevemente.
Para já trago uma história bem conhecida por todos.


Sinopse:

Um clássico da literatura infantil com as ilustrações originais de W. W. Denslow

Uma obra que, desde 1900, tem provocado a admiração e a alegria de sucessivas gerações, tornando-se um clássico da literatura infantil norte-americana, porque faz reviver todos os temores e deliciosas fantasias do mundo de sonhos das crianças.
Dorothy, que vive no Kansas, é arrebatada por um ciclonee que a deposita no país encantados Munchkins. Aqui, ela encontra as famosas personagens de Oz: o Espantalho, o Lenhador de Lata e o Leão Cobarde. As aventuras, que em conjunto têm ao longo da Estrada dos Ladrilhos Amarelos, a caminho da Cidade das Esmeraldas, possuem toda a riqueza e encanto do clássico conto de fadas.
Em 1939, Victor Fleming realizou o inesquecível filme com base nesta obra, que proporcionou a Judy Garland, então com 17 anos, um Oscar de interpretação. Um filme musical de fantasia que celebrizou Judy Gardland, sobretudo quando canta a famoso Over the Rainbow (No Fim do Arco-Íris).

Opinião:

A história dispensa mais apresentações e penso que não vale a pena contar mais sobre o enredo.

É uma história infantil, onde tudo acaba sempre bem. Apesar de ser uma história menos moralista consigo encontrar algumas lições subtis, mas não com a grandiosidade de outras obras. Não me acrescentou nada e a certa altura lembrou-me um pouco Alice no País das Maravilhas, livro que não gostei muito apesar de ser adorado por muita gente. Este Feiticeiro de Oz também não me cativou, acho que estou a ficar careta de mais para ler histórias onde tudo corre sempre bem.Achei a escrita muito fraquinha e é nestas alturas que gostava de ler em inglês para poder confirmar isso.
É uma histórias para crianças, mas não trouxe de volta a minha. 

Título original: The Wonderful Wizard of Oz
Tradução: Engº Mesquita de Abreu
Colecção: Livros de Bolso – Série Grandes Obras
Pp.: 156
Formato: 11,5 cm x 17,6 cm
ISBN: 978-972-1-00871-7
Data de edição: 1985

Agora tenho cerca 10 dias para ler o clássico de abril e espero não falhar. O que sugerem?