quarta-feira, 17 de julho de 2013

E lá fui buscar o sono a Moscovo

Ola! Ontem estava complicado dormir, nem sei se lutava contra o sono ou se queria que ele viesse... farta de dar voltas na cama decidi levantar-me e pegar num livro. O escolhido foi "O Pequeno Herói" de Fedor (ou Fiodor) Dostoievski. Tinha muita curiosidade em ler este autor, e um conto pequeno vinha mesmo a calhar.
O conto propriamente dito, não achei nada de especial, mas a escrita cuidada, a forma como ele nos coloca dentro do conto achei envolvente. Gostei particularmente da descrição psicológica que ele faz do marido da Madame M., um homem egocêntrico e narcisista. A análise que ele lhe faz é impressionante e é impossível, não me lembrar de alguém.. :)
O livro fala de um menino de 11 anos, da descoberta do primeiro amor, de todas as mudanças, sensações  que isso lhe causa.  
 Resumindo gostei mais do autor do que do conto, mas foi um bom aperitivo para o " Crime e castigo" e "O Jogador". Vou ter que ler mais alguma coisa do Dostoievski para falar melhor sobre ele assim que tenha uma opinião formada e saiba mais da sua vida eu venho aqui falar.

Durmam bem e boas leituras ;)